quinta-feira, 12 de junho de 2008

A previsão de Carlinhos Bala

"Eu falei pro Enilton que ele era um iluminado por ter feito aquele gol, o gol do título", essa foi a declaração de Carlinhos Bala após a derrota de 3x1 para o Corinthians no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. A declaração causou polêmica, deixou torcedores nervosos, e até Mano Menezes respondeu.

Ontem, pouco antes da segunda partida da decisão, Bala fez mais uma declaração: "A caminho daqui eu falei com Deus, e ele me disse para eu não me preocupar que ele já tinha decidido, o Sport vai ser campeão".

Declarações a parte, o jogo não envolvia apenas o título da Copa do Brasil, todo um ambiente havia sido criado, a tensão estava no ar e os pernambucanos queriam ganhar de qualquer forma. O Corinthians era favorito, afinal, tinha uma vantagem por ter vencido a primeira partida e podia empatar e até perder por um gol de diferença.

Mais uma vez a Ilha do Retiro foi pequena para toda a torcida rubro-negra, a festa era bonita e os gritos ecoavam por todo o estádio: "Sport, Sport, Sport". Em campo dois times que chegaram sem crédito e foram conquistando isso a cada partida que passava, o Sport deixara pelo meio do caminho favoritos como Palmeiras, Internacional e Vasco, já o Timão derrubou equipes como Fortaleza, Goiás, São Caetano e Botafogo. Ambos tinham mérito por estar disputando a final do campeonato, então que vencesse o melhor.

No início do jogo o Corinthians conseguiu segurar bem a pressão do Sport, e até contra atacava com um certo perigo, o time de Pernambuco chegava bem mas não acerteva nas finalizações. Nelsinho Baptista ainda no primeiro tempo colocou Enilton no lugar de Kássio, e parece que a alteração fez efeito. A equipe rubro-negra passou a atacar com mais perigo e o Timão não conseguia segurar a bola, até que aos 34 minutos a zaga alvinegra vacilou e deixou Carlinhos Bala receber um lançamento perfeito e finalizar, 1x0 Sport. E a torcida que já era vibrante passou a ser ainda mais.

Não deu nem tempo do Corinthians pensar em reagir ou até mesmo de respirar porque três minutos depois, após cobrança de escanteio, um bate e rebate na área e a bola sobra para o chute de Luciano Henrique, o goleiro Felipe aceita e ela passa no meio de suas pernas, 2x0 Leão. O primeiro tempo termina, será que Carlinhos Bala estva certo?

A segunda etapa começa com o Timão no ataque, Mano Menezes põe em campo Lulinha e Acosta nos lugares de Carlos Alberto e Diogo Rincón, já Nelsinho Baptista tira Leandro Machado e coloca Roger. As alterações mudam a postura do Corinthians que passa a atacar com mais perigo, nada que tirasse o otimismo do torcedor pernambucano que vibrava a cada contra ataque veloz que saia dos pés de Dutra e Carlinhos Bala.

O Timão continuava a pressionar e parecia que a qualquer momento faria seu gol, Nelsinho Baptista troca Luciano Henrique por Éverton, o time do Sport continua a ser perigoso nos contra ataques e Magrão fechando o gol para os corinthianos. Mano Menezes faz sua última alteração no jogo, tira o apagado Dentinho e coloca Wellington Saci. Porém, em menos de cinco minutos em campo o camisa 34 do Timão é expulso após pisar em Carlinhos Bala.

A tensão do jogo aumenta, Alício Pena Jr deixa de marcar um penalti sofrido por Enilton, o Corinthians também reclama de um em Acosta. Nos minutos finais William ainda é expulso após levantar demais o pé em um lance com Carlinhos Bala. Fim de partida e o Sport consagra-se campeão da Copa do Brasil pela primeira vez e já está na Libertadores do ano que vem, festa da torcida na Ilha do Retiro.

O Corinthians sai de campo derrotado, porém, a equipe de Mano Menezes está de parabéns pois menos de um ano após ser rebaixado no Campeonato Brasileiro, o time chega a uma final importante. E o personagem do jogo foi o cara que garantiu que o título seria do Sport, Carlinhos Bala o predestinado ou seria o vidente?!


Também não poderia deixar de falar...

Eurocopa, começo arrasador
Mal começou a Euro 2008 e já está melhor do que a última Copa do Mundo. Se continuar nesse ritmo, vai ser um espetáculo e tanto. Bom pra quem gosta de futebol.

Campeonato Brasileiro
Estou ouvindo várias declarações precipitadas sobre alguns times que não iniciaram bem e aqueles outros que estão na frente. Muita calma nessa hora, todos sabem que nosso campeonato nunca termina como começa, muita coisa ainda vai acontecer.

5 comentários:

Paulo Cesar Cabral disse...

Ótimo texto.

O tipo da declaração de Carlinhos Bala é algo muito comum entre jogadores de futebol. É corriqueiro sempre ouvir jogador fulano ou ciclano declarando que "OUVIU" vozes de Deus ou do além sobre: o lado certo na hora de bater o penal, a maneira correta de bater a falta, ou até mesmo declarar que vai conseguir vencer uma partida ou conquistar um título.

Claro, uma declaração desse tipo em uma final acaba ganhando uma proporção maior do que a apropriada.

Parabéns ao Sport, que soube aproveitar as falhas individuais do Corinthians e fez dois gols em cima desses erros (1º gol erro do lateral André Santos, que por sinal jogou muito toda a partida da final; e 2º gol erro do goleiro Felipe, que vem falhando constantemente).

Se faz necessário que o técnico do Timão, Mano Menezes, assuma um pouco mais sua responsabilidade de derrota em uma decisão, e não ficar toda hora jogando culpa na arbitragem. Vale lembrar que o segundo gol do Corinthians, no primeiro jogo, originou de um lance irregular, e que antes do penalti em Acosta, Fabinho já havia cometido outro penalti na Ilha do Recife, também não marcado pelo árbitro.

Parabéns ao Sport.

Paulo disse...

Meu Deus. Esse ano, o futebol reserva muitas emoções. Pita final. Parabéns Sport.

Paulo Cesar Cabral disse...

corrigindo ... o André Santo jogou muito MAL toda a segunda partida da final.

Patrícia Gomes disse...

Ainda quero entender como o Corinthians se portou dentro de campo na final. Ali nem de longe era o Corinthians de toda competição, um time com raça, garra e vontade. Ontem foi um time apático e com medo do adversário.

Tiago Araújo disse...

Carlinhos Bala Mito! Sem Palavras.