quinta-feira, 5 de junho de 2008

Fantasma exorcisado, finalmente prevaleceu a técnica

Conhecem a história de Davi e Golias? O pequeno que venceu o gigante, foi isso que aconteceu ontem no grandioso Maracanã diante de quase 90 mil torcedores. O enorme Boca Juniors depois de 45 anos caiu diante de um brasileiro na Libertadores, derrubado pelo até então pequenino Fluminense.

Talvez fosse isso que os argentinos pensassem do time carioca, não conheciam a gloriosa história tricolor e achavam que seria fácil derrubar uma equipe que não tinha tradição na Libertadores, mas que possuia um passado tão grande, senão maior que o deles.

Gremistas, Palmeirenses, Santistas, torcedores do Paysandu e todos aqueles que acima de tudo são brasileiros se reuniram em frente as TVs, em casa, nos bares, padarias, todos querendo presenciar a queda do Boca Juniors. Confesso que também torci contra nostros hermanos.

O jogo não foi fácil, mas o Fluminense fez o que o Boca cansou de fazer em outros anos, matou o adversário no contra ataque. Me lembro da final de 2007, onde o Grêmio saiu desesperado em busca de gols e no fim o que conseguiu foi levar dois. O mesmo aconteceu ontem, e o Flu vingou todos aqueles que um dia caíram diante do Boca Juniors. Se eles tinham Riquelme e uma dupla de ataque perigosa, o Tricolor carioca tinha Tiago Silva, Thiago Neves, Washington, Conca, Dodô, Fernando Henrique e um time inteiro de bons jogadores, se não puderam ter La Bombonera, aqui o Maracanã fez a diferença.

Nem sempre o melhor é campeão, ainda mais quando se trata de uma competição como é a Libertadores, onde raça e disposição prevalecem sobre habilidade e técnica. Porém, esse ano a história parece não se repetir, o Fluminense está na final e vai enfrentar uma equipe em que poucos apostavam, o mesmo time que deu trabalho aos cariocas na primeira fase, a LDU do Equador. Quem imaginaria que a final fosse entre equipes do mesmo grupo?

Se tudo acontecer como esperado, se a lógica trabalhar a favor do futebol, o Fluminense será campeão. E pela primeira vez verei um time de técnica e habilidade prevalecer sobre toda a catimba da Copa Libertadores. Que seja a primeira de muitas, o bom futebol agradece!!!

2 comentários:

Patrícia Gomes disse...

Gostei muito desse resultado por ver um time elimando um Boca, de uma competição que os Hermanos conhecem e muito bem.

Resultado justo pela ótima campanha que o Flu fez até aqui, passou pelo Boca jogando bem e de maneira incontestavél.

Terá minha torcida no decorrer da competição, vamos Flu.

Paulo disse...

Eu disse desde o começo do ano, quando vi as escalações dos times brasileiros. O Flu esse ano, briga por títulos. Baita time!!