quinta-feira, 29 de maio de 2008

O Herói da Fiel

Quem nunca deu um grito quando seu time marcou um gol? Ou um suspiro de UHHHHHHHHHH quando chegou quase lá?

Dia de jogo é sempre assim: bares lotados, televisões ligadas e muita gente discutindo futebol, seja ele torcedor ou "secador". Em minhas quartas constantemente tenho visto cenários desse tipo, os pontos de táxi tornam-se ponto de TV e os bares arquibancadas.

Ontem mais uma vez, tudo lotado. Todo mundo assistindo a semifinal da Copa do Brasil, quem iria para a final: Corinthians ou Botafogo? Decidi assistir o primeiro tempo em um bar. E não podia ter feito escolha melhor!

Tinha todo tipo de gente vendo o jogo: os butequeiros de plantão, os estudantes saindo da faculdade (onde eu me incluia), os próprios funcionários do bar, taxistas e até alguns mendigos que entravam sorrateiramente para dar uma espiadinha na partida.

Em campo o que se via era o Corinthians dominando as ações ofensivas e perdendo gols, enquanto o Botafogo ficava se defendendo e contra-atacando com perigo. Já no bar, xingamentos de todos os tipos, corinthianos nervosos, alguns de costas para a TV, outros pulavam quando o time perdia gols, alguns com as mãos no rosto, enfim, um nervosismo imenso. Já os que secavam o Timão davam risada e faziam piadas sobre o alvi-negro paulista, chegavam até a não prestar atenção na partida.

O primeiro tempo terminou e a maior comemoração que vi foi quando o goleiro Castillo do Botafogo recebeu cartão amarelo, tirando isso, a torcida não fez um barulho a não ser Uhhhh e xingamentos. Sem meu radinho fiquei sem saber como estava a partida até chegar em casa. Quando liguei minha TV o Corinthians fazia seu segundo gol em uma cobrança de falta perfeita de Chicão, 2x1 Timão, mas esse resultado não era bom pra nenhuma das equipes.

O segundo tempo foi passando, e o time do Botafogo pressionava. Porém, o Corinthians se defendia com eficiência, e o jogo terminou mesmo no 2x1. Decisão por penaltis!!!

Mais do que nunca a torcida torna-se essencial, arquibancadas pintadas em preto e branco, mais de 62 mil torcedores empurrando os times, me senti como se estivesse presento no estádio. Os gritos ecoavam, do lado corinthiano "Aqui tem um bando de louco, louco por ti Corinthians...", já os botafoguenses cantavam "E ninguém cala, esse nosso amor, e é por ti que eu canto, é por ti Fogo...", um show dos dois lados.

A pressão era enorme nas costas daqueles que bateriam, definidos e confirmados. A cada cobrança certa a tensão aumentava, e parecia que os times estavam preparados para tal tipo de decisão, pois o que se via eram chutes perfeitos, sem chances para os goleiros.

Porém, quis o destino coroar aquele que tanto sofrera, e que apesar de destaque ano passado, não pôde salvar seu time sozinho, mas dessa vez... Última cobrança do Botafogo, Zé Carlos na bola, pé esquerdo, bateu... segundos de tensão no caminho da bola até... FELIPEEEEE!!!!!!!!!!

Explode em festa o Morumbi, o goleiro corinthiano acerta o lado e espalma a bola no chute do botafoguense. A Fiel vibra de alegria, o Corinthians está na final da Cppa do Brasil, mais perto da sonhada Libertadores. E o herói como sempre, leva nas costas o time e a camisa número 1.


Também não poderia deixar de falar de...

Boca Juniors 2 x 2 Fluminense
Um ótimo resultado para o Flu, que jogou bem e não teve medo de argentino, que mostrou sua força em seus Thiagos(Neves e Silva). Mas eles têm força em Riquelme e nada está decidido ainda.

Sport, lutando rumo ao título
Nos penaltis, em pleno São Januário, o Rubro Negro pernambucano eliminou ontem o time do Vasco. Mais um grande que cai diante da força do Sport em Recife, é bom o timão tomar cuidado!!!

Marcelo Moreno, o primeiro de muitos
O atacante naturalizado boliviano do Cruzeiro fechou com o Shaktar Donetzki da Ucrânia por US$ 9 milhões. Agora sim começou a feira de jogadores no Brasil.

8 comentários:

Paulo César Cabral disse...

Pois é, e sua previsão não se confirmou meu caro Renato. O Corinthians eliminou o Botafogo, e está na final da Copa do Brasil.

Bem, conferi o primeiro tempo pelo rádio, e o segundo tempo pela TV. No segundo tempo, por incrível que pareça, o Botafogo atacou mais e teve mais chances de gol do que o Corinthians. Entretanto, o Timão foi mais eficiente, e converteu em dois gols as raras oportunidades para colocar a bola nas redes.

Outra coisa que favoreceu o Corinthians foi o fraco desempenho do goleiro botafoguense, Castilho. No gol de Acosta, Castilho deixou as traves sem necessidade, e acabou deixando gol livre para o uruguaio marcar com facilidade. Já no gol de Chicão, o arqueiro do Botafogo armou mal a barreira, e foi lentamente em direção a bola, se jogando em direção a meta quando a bola já estava praticamente dentro das redes. Felipe, o goleiro do Corinthians, também falhou no gol do Botafogo. Falhou duas vezes. Primeiro, ao sair mal do gol, e segundo, ao não conseguir agarrar a cabeçada do jogador André Luiz. Entretanto, como Felipe agarrou o pênalti decisivo, ninguém lembrará dessas falhas do arqueiro, que aliás, vem falhando constantemente nos últimos jogos.

Com todo respeito ao Sport, mas acho que o Corinthians será Tri-Campeão da Copa do Brasil. Vencerá na final o time do Recife, assim como venceu em 2002 o Brasiliense.

Edmundo está se tornando especialista em perder penaltis decisivos. Antes desse, que perdeu contra o Sport, também havia perdido contra o Ipatinga, nessa mesma competição, mas jogando pelo Palmeiras

Rodrigo disse...

Nossa, meu amigo Paulo Está trocando as bolas...

Meu querido, esse time já chegou longe demais...e vc sabe disso. Pense, Agora vcs vão ter que enfrentar um time que tirou nada menos que: Palmeiras, Internacional Vasco (esse ultimo não leve em consideração)

Pense, Já chegaram muito longe, e esses últimos resultados estão ofuscando um mal ainda maior no Corinthians...

Bem, mas acho que mereceu chegar até aqui. Jogou com velocidade e garra, ma chega né?
hehehe provocações a parte, parabéns Renato pelo seu Texto. Abraço!!!!

Rodrigo CEzzaretti

Paulo César Cabral disse...

Rodrigo, parafraseando Mano Menezes, torcedor de time que foi eliminado não palpita em nada,srsrrssr...

Paulo disse...

é . .
quarta feira é definitivamente o dia do futebol!
Meu Deus do céu! Eu que sou sãopaulino, ontem, não conseguia desgrudar os olhos da tv! E que coisa!! Duas decisões nos penaltis e um empate do flu com o boca! Quanta emoção. Felipe, herói conrinthiano. Entra pra história essa defesa. Edmundo, mais uma vez . . . É, futebol é mesmo pra quem gosta.

Patrícia Gomes disse...

Eu te falei Renato não adianta secar que vao dar Timão, fito e feito o Corinthians foi final numa eletrizante disputa de penaltys.

Tive que sofrer longe da torcida vendo o primeiro tempo com a turma da facul num bar. E a disputa de pênaltis em outro bar perto de casa.

Como quem esteve ao meu lado no primeiro tempo pode ver o quanto sofri vendo o jogo empataando em 0x0 e classificando o Botafogo.

Mas coseguimos levar tudo para os pênaltis, e o Felipe mais uma vez se consagrando no Timão mesmo falhando nesses últimos jogos e no de ontem tbm.

Afinal quem lembra da falha dele?
Ninguem não é.

Agora q já está definido q o Timão vai jogar a final em Recife, vamos garantir um resultado aqui para não sofrer mais lá.

Tiago Pereira disse...

Muito bom seu texto Renato!!

Com o jogo de volta marcado para ilha do Retiro, acho difícil o Timão levar essa.
É festa em Recife!!

Clodoaldo Scar disse...

Carnaval fora de época. So faltava o motivo agora com o segundo jogo marcado para a Ilha do Retiro a festa esta armada no Recife. Para ser campeão da Copa do Brasil o Timão deve se aproveitar da fragilidade do Leão da Ilha, fora da Ilha, para garantir o resultado em São Paulo preferencialmente sem tomar gols pois no Recife o Sport e quase imbatível. O meu palpite em SP 1x0 Para o Timão e no Recife 4x2 Leão.

Renato Cordoni disse...

Muito obrigado pelos elogios feitos. Já em relação aos palpites, também acho que para levar o tri, o Timão deve se garantir em São Paulo, senão, festa em Recife!!!