domingo, 25 de maio de 2008

Após sucesso no Brasileirão Série B, Copa do Brasil é o desafio

Caro leitor, após mais uma rodada de futebol no fim de semana, o Corinthians confirma o que já era esperado. Apontado como o grande favorito do Brasileirão Série B, a equipe alvinegra venceu a terceira partida consecutiva pelo campeonato, e vence antes de decidir a vaga para a final da Copa do Brasil, contra o Botafogo.


O detalhe é que, antes de perder a primeira partida da semifinal contra o Botafogo, o Timão havia conquistado seis vitórias consecutivas, coisa que não deixa de ser surpreendente. Não pelo fato da equipe ter vencido os frágeis São Caetano, Goiás, Cene-MS, CRB e Gama (equipes que o Corinthians enfrentou nos seis jogos consecutivos que venceu), mas sim porque muita gente ficou desconfiada com o time comandado por Mano Menezes, após a equipe ter sido eliminada no Paulistão, e após a derrota de 3 X 1 para o Goiás, na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil.


Vale a observação que, desde aquela derrota para o Goiás, Mano Menezes mudou a postura do time, e resolveu confiar no poder ofensivo de sua equipe. Abriu mão definitivamente dos três zagueiros, e/ou dos três volantes. Colocou o time para jogar ofensivamente, deixando liberdade total para o lateral André Santos atacar, mudou o posicionamento do argentino Herrera, o que acabou resultando em uma melhora significativa do centroavante em campo, e promoveu a entrada de Eduardo Ramos e Nilton, ao lado de Fabinho, como volantes da equipe, substituindo os fracos Perdigão e Bóvio.


Entretanto, foi só colocar novamente três zagueiros em campo, e a equipe alvinegra voltou a ter dificuldades. Enquanto o Timão esteve em campo no 3-5-2, foi apático contra o ABC, de Natal-RN. Antes de tirar Carlão e colocar Lulinha, retornando assim ao 4-4-2, o Corinthians sofreu em campo. Não conseguia atacar, era pressionado, e pouco intimidava a equipe do ABC, que dominava a partida, e não permitia que o timão jogasse com a bola nos pés.


Após a entrada de Lulinha, o Corinthians melhorou, visivelmente. Apesar de ainda não apresentar um futebol vistoso e bonito, a equipe dentro de campo se mostrava extremamente eficiente. Claro, tirando as jogadas de bola aérea na defesa corintiana, que continuam sendo um terrível problema que Mano Menezes ainda não conseguiu resolver. Nos contra-ataques, o timão sempre foi mais perigoso e esteve mais próximo de marcar o gol do que a equipe do ABC. Douglas, o meia de criação do Timão, teve três oportunidades claras de gol, porém, marcou apenas em uma das oportunidades.


A pergunta que não quer calar é a seguinte : o Corinthians só está vencendo porque está jogando a série B ? Ou será que o Timão, mesmo se estivesse na série A, estaria conquistando vitórias ? Bem, quarta-feira (28/05), o teste de fogo no duelo entre alvinegros, poderá responder essas perguntas. Para conseguir a vaga para a final da Copa do Brasil, o Corinthians não enfrentará um time frágil, com qualidade de jogo em campo dúbia. O desafio é o Botafogo-RJ, time bem armado pelo técnico Cuca, que está na série A do Brasileirão.
Se o Corinthians passar para as finais da Copa do Brasil, vencendo o Botafogo-RJ, que ninguém mais duvide da capacidade técnica e competitiva dessa equipe. Afinal, passar para as finais de um torneio, enfrentando um adversário bem entrosado, sem seis titulares (incluindo o meia de criação, Douglas), não é para qualquer time.


Perguntas que não querem calar no mundo do futebol:
Abbondanzieri, ex-goleiro do Boca JR, declarou em uma entrevista que o “Fluminense não tem tradição” na Libertadores da América, e que o único que poderia vencer o Boca na competição sul-americana seria o São Paulo.

Pois é, o ex-goleiro do Boca parece estar com a memória fraca, mas como adoro refrescar a memória das pessoas, devo lembrar que o Boca já foi eliminado pelo Chivas Guadalajara, do México, na Libertadores da América de 2005. Na ocasião, o Chivas eliminou o Boca com uma vitória no México, por 4 X 0, em um empate em La Bombonera, em 0 X 0 .

Agora eu pergunto: Que tradição o Chivas tinha quando eliminou o Boca JR ? Vale lembrar também que o goleiro que atuava pelo Boca, quando a equipe Argentina foi eliminada pelo Chivas, era Pato Abbondanzieiri.

Recordar é viver.
_________________________________________________________________________

Após as primeiras partidas do Ipatinga, alguém ae dúvida que eles serão rebaixados?
_________________________________________________________________________
Façam suas apostas : até quando Muricy e Emerson Leão irão durar em seus cargos nas suas respectivas equipes ? E qual será o próximo jogo de outras equipes que Wanderley Luxemburgo dará sua opinião ?

7 comentários:

Tiago Pereira disse...

Muito bem Paulo.

Pelo jeito essa série B vai ser mole pro Timão.

A tradição em Libertadores conta muito, porém as zebras sempre ocorrem.Espero que dê Flu.E o Abbondanzieri só fala por que jogar que é bom...

O Ipatinga vai tentar quebrar o recorde do América-RN de ser o time que menos pontuou num Brasileirão.

Muricy não sai!Seria bobagem a diretoria tricolor demiti-lo.
Já o Leão sei não...

E o Luxa se comentou é por quê foi perguntado.

Anônimo disse...

Vc sabe meu pé atrás em relação ao Mano hehehe.E uma vez retranqueiro, sempre retranqueiro hehehe.

Mas espero que vc esteja certo.Torceremos pra isso uahauahuaa

abraços

Paulo disse...

Bom, Copa do Brasil e Série B pra mim, tem quase a mesma pegada. Muita raça e os times "menores" brigando pelo título. Só que a série B é um campeonato mais longo e Copa do Brasil é mata mata. Tiro curto. Vamos ver se o Corinthians guenta a pressão da série B mais pra frente.

Patrícia Gomes disse...

Então como é muito notório essa série B está muito aquem do que muitos imaginavam. Pensei que o Timão fosse encontrar uma certa dificuldades dos times, que nada está sendo um baile alvi-negro na segundona, os times são todos muitos fracos e patéticos.

Afirmo aqui a classificação do Timão para final da Copa do Brasil, poucos acreditavam na assenção, mas já que chegou vai incomodar até o fim.

Q quando ao goleiro do Boca, era melhor evitar certos tipos de polêmicas, por menos tradição que tenha a outra equipe, mas sua história e camisa deve ser respeitada.

Renato Cordoni disse...

Minha humilde opinião rápida e sem rodeios:

Corinthians sobe fácil, porém ainda não enfrentou nenhum time forte de verdade. Tenham calma corinthianos!!!

Copa do Brasil, Sport campeão, sem sombra de dúvidas. Seja quem for o adversário, que pra mim será o Botafogo.

Abbondanziere foi ridículo em sua declaração. Vai dar Fluminense, tradição não entra em campo e o tricolor carioca tem o melhor time da competição.

Ipatinga pra mim terá a pior pontuação de toda a história do brasileirão. Decepcionante!!!

Sobre os técnicos é o seguinte:

Pode estar havendo uma troca de times por parte de Muricy Ramalho que está sendo sondado pelo Santos.

Leão por sua vez não fica no cargo se perder mais uma partida.

Já Luxemburgo, só respondeu o que foi perguntado. O que não era um mistéri pra ninguém, qualquer pessoa que entenda de futebol sabe que o lado mais forte do Corinthians é o esquerdo. Mano Menezes descontou a raiva da derrota no técnico do Palmeiras.

Eduardo Alexandre disse...

Não gosto do Corínthias...

Mas é melhor ver o Corínthians na Liberta ano que vem, do que ver o tal do Sport!!!

O meu Cruzeiro deu azar de ter pego o Boca Jr... Com certeza que o Fluminense não passa...

Como dizem, O Boca não é o mesmo Boca, mas AINDA é boca!!!
Dale Zêroooo

Paulo César Cabral disse...

Obrigado a todos pelos comentários. De qualquer maneira, não acho que o torcedor corintiano esteja empolgado, tão pouco triste, e sim, satisfeito com a equipe alvinegra.

Afinal, o Corinthians vem fazendo sua parte dentro de campo após a eliminação no Paulista. Eliminou Goiás e São Caetano na Copa do Brasil, e venceu as três primeiras partidas que disputou pela Série B do Brasileirão.

E olha que o Corinthians ficou fora das semi-finais do Paulistão por pequenos detalhes. Posso citar aqui três partidas que o Timão foi prejudicado pela arbitragem (contra Barueri, Bragantino e Santos).

Só nessas três partidas, a equipe de Mano Menezes deixou de somar cinco pontos que acabaram fazendo muita falta na reta final do campeonato.

Em relação a Série B, o Corinthians apenas está fazendo o que se esperava dele. Criticar ou elogiar a atuação do time alvinegro, depende de como você enxerga o copo, “meio-cheio” ou “meio-vazio”. É o tipo de competição que não têm adversários muito fortes, e sempre causa dois comentários distintos.

Se o Corinthians vence, só venceu porque o adversário é fraco, se perde, é porque o time do Corinthians é fraco. Claro, esses comentários são para quem enxerga o copo “meio-vazio” , ou para anti-corintianos.