segunda-feira, 16 de junho de 2008

Desempenho corintiano pode ser o pior nos últimos 30 anos

Se o Corinthians não for campeão da Série B, após três décadas equipe voltará a ficar três anos sem títulos

Se existe um torcedor mal acostumado, esse é o torcedor corintiano. Desde a época nebulosa que compreendeu mais de 20 anos sem títulos, o Corinthians não fica três anos consecutivos sem levantar uma taça. De 1977 até os tempos atuais, o clube alvinegro não sabe o que é ficar três temporadas em seqüência sem conquistar um campeonato, sem que o torcedor do Timão grite “É Campeão”.

Entretanto, se o Corinthians não conquistar a Série B do Brasileirão, novamente o torcedor do Timão ficará três anos consecutivos sem conquistar um título sequer. Após passar 2006 em branco e 2007 culminando com o inédito rebaixamento para a história do clube, o ano de 2008 também poderá ser sem conquista de títulos para a equipe alvinegra. Eliminado das finais do Paulista e derrotado na final da Copa do Brasil pelo Sport Recife, só resta ao Corinthians buscar o título da Série B do Brasileirão.

Até agora, pelo que tudo indica, o Timão conquistará com folgas o título da Série B. Com uma equipe tecnicamente superior aos outros clubes, o Corinthians até agora passeia na Série B. Não toma conhecimento dos adversários, joga fácil, e vence com tranqüilidade.

A Série B do campeonato nacional é uma verdadeira encrenca para um time grande, do porte de um Corinthians. Afinal, se joga bem e ganha seus jogos, levanta questões como : “ Estaria tão bem assim se estivesse na Série A?”, “Esse time é realmente competitivo, ou está tão bem porque está disputando Série B?”. Se perde e joga mal, é motivo para piadas dos torcedores adversários e protestos da própria torcida. O título da Série B é também alvo de opiniões dúbias. Se o Corinthians realmente for campeão desse campeonato, os torcedores diram que isso é apenas “obrigação” para uma equipe tão grande como o Corinthians. Se conseguir o acesso, mas não for campeão, os torcedores com certeza irão protestar, e dizer frases do tipo “Se não consegue ser campeão nem da Série B, será campeão do quê?”.

Claro que, para o Corinthians, não resta outra alternativa se não vencer e jogar bem. Não se pode negar que a diretoria fez pelo menos sete contratações de peso para a temporada de 2008, tendo em vista as dificuldades financeiras encaradas pelo clube. Os zagueiros Willian e Chicão, o lateral esquerdo André Santos, o volante Fabinho, os meias de criação Diogo Rincon e Douglas, e o atacante Acosta, podem ser consideradas contratações de peso, jogadores que atuaram bem por seus ex-clubes e que se encaixariam na titularidade de qualquer outra grande equipe do Brasil. Esses sete jogadores que foram contratados, junto com outras boas surpresas, e com o trabalho adequado de Mano Menezes, transformaram um Corinthians frágil e decadente, em uma equipe competitiva, com forte marcação e um ataque que marca muitos gols.

É importante manter a base dessa equipe para o ano que vem. Entrosados, os jogadores poderão ter um desempenho melhor no Paulistão, e quem sabe até, com a chegada de mais três ou quatro reforços de peso, lutar até a última rodada pelo título do Brasileirão e Copa do Brasil de 2009.

POR FALAR EM TORCEDORES MAL ACOSTUMADOS ...
A Laranja-Mecânica está de volta. A Holanda está demonstrando um futebol ofensivo, com contra-ataques rápidos e certeiros. E olha que essa equipe, comandada por Van Basten, nem conta com o futebol de Seedorf e Makaay.

O torcedor brasileiro, pentacampeão mundial, também está ficando mal acostumado. Em todo jogo, o que se vê é uma seleção brasileira apática e mal organizada em campo. Já são duas derrotas consecutivas por 2 x 0, para seleções com elencos modestos (Venezuela e Paraguai), que nem de longe podem se comparar com o elenco estrelado e milionário do Brasil. O próximo jogo é contra a Argentina. Façam suas apostas.

O tricolor do Morumbi venceu a segunda consecutiva, por goleada, contra times que estavam jogando bem no Brasileirão. O São Paulo de Muricy, aos poucos, vai se arrumando, após a desclassificação traumática contra o Fluminense, pela Libertadores.

O torcedor do Fluminense está mal acostumado, rindo á toa por causa da final da Libertadores. Entretanto, todo o cuidado é pouco com a LDU. Acreditem: se o Sport conseguiu vencer o Corinthians, a LDU também pode vencer o Fluminense.

5 comentários:

Rodrigo disse...

Quem é o Corinthians?
Olha, a LDU tem muito mais história (libertadores..fina...hehehe)que o time do parque são jorge....

No caso do Sport, estava escrito que o "timão " iria perder...O time pernambucano tem mais time que o Curintia.......

Paulo Cesar Cabral disse...

Caro Rodrigo ... partindo do pressuposto de seu racíocinio, o Sport é mais time que Palmeiras e Internacional, e o Indepiendente da Argentina tem mais história que Santos, São Paulo e Palmeiras juntos.

Bem, voce é um cara inteligente, entendeu o que eu quis dizer,srsrsrsr...

Em relação a qual clube seria o Corinthians, entre em www.fifa.com , e veja esse clube na lista de Campeões Mundiais.

Outros clubes, como o Palmeiras, não estão nessa lista.

Tiago Araújo disse...

Viiixxxi descambou pro clubismo auhuhauhauh.

Patrícia Gomes disse...

Sou da seguinte opinião que o importante é apenas subir e ponto final. Mas não tem como não ganhar essa série B, onde com o time reservas ainda somos superiores ao demais. Por isso esse titulo já é nosso é a fila deixamos para nossos "amigos" palestrinos q acabarão de sair. hehhehehe

Renato Cordoni disse...

Me desculpe a sinceridade pessoal, mas acho que nós que escrevemos no blog não devemos nos mestrar tão torcedores. Vamos diminuir o clubismo para não perder credibilidade.

Quanto ao texto, ótimo como sempre, fica claro que para o nível da série B desse ano, é obrigação do Corinthians ser campeão. Porém, será um título completamente sem valor, assim como foi para outros clubes grandes que o conquistaram.